BEM VINDO A LOJA DA


BOOKFONE CULTURAL,

Negócios
Administração
Literatura
Romance
Teatro
Cinema
Infantil
Juvenil
Cartunistas
Artes
Escolar
didáticos
Línguas
Gramáticas
Dicionários
O Pote de Areia -Goy de Moura
×
O Pote de Areia -Goy de Moura
O Pote de Areia -Goy de Moura
preço sob consulta   Consultar

O POTE DE AREIA
Apresentação
Você se lembra quando começaram os degraus que te sustem.
Mas não sabe onde ou quando terminará.
Os degraus que mantém as suas decisões, ao ser só pensada,
fica pra traz, ou se executada será passado e ficará pra traz
desfazendo se também.
Os degraus se desfazem com o movimento do tempo e do espaço,
como a areia debaixo de teus pés.
Areia de lugares que você passou, que virou grão pois tornou-se
ontem e que o tempo revolveu depois que você passou e a
movimentou para outro lugar e juntando as com outros grãos e que
você nem sabe e não saberá onde ficou e que juntou se a outros
grãos e transformou se em areia novamente levando particulas de
ti, que você, elas , eles ou eu... deixou pra traz e que não verá
onde ficou pois elas continuam em movimento sem fim... não
param.
Não tem retorno, tem só ida, como uma infinita escada... que formada
por grãos... vira areia desfazendo os seus ultimos degraus,
assim que você acaba de passar. Fez parte de você, fez parte de
alguém e fez parte de mim. Como os ultimos degraus que
passaram os meus pés e que se desfazem com um pouco de mim
tornando-se particulas de areia a cada vez que vou além e que
ficarão nem sei onde.
Em memória aos meus que se foram.
Don de Moura
Fale conosco